sábado, 30 de abril de 2016

BORDO DE HONRA

(O Brasão da MGP)

A Marinha Portuguêsa sendo a única a usar o BB como bordo de honra, em 1895, o então Ministro da Marinha José Bento Ferreira de Almeida determinou o seguinte:
"Por paridade com o uso das demais nações passa a ser considerado lado de honra o de Estibordo e nessa conformidade devem ser feitas as instalações nos navios novos e nos que estiverem em reparações, não se alterando porém, nestes últimos as instalações anteriores e aplicando-se desde já à canhoneira  Zambeze.
Mais tarde o Marinha Portuguêsa voltei a ter como bordo de honra o BB.

4 comentários:

O J.N.Barbosa disse...

Só que não me recordo de ver isso escrito nem na Ordenança, nem no seu sucessor, o RIFUN.

O FdaPonte disse...

Tens razão. Não me lembro de ter visto tal escrito na OSN.

O speedy disse...

No Dicionário de Marinharia do Cte. Marques Esparteiro vem referido que o BB é o nosso bordo de honra.
Não me recordo donde copiei o registo sobre EB passar a ser bordo de honra, embora temporário. Estou a procurar a fonte de informação.

O Curso OC disse...

Recebido o seguinte comentário:

"A propósito do post sobre o “Bordo de Honra”, publicado no vosso blogue, juntava uma indicação mais, retirada do “DICIONÁRIO DA LINGUAGEM DE MARINHA ANTIGA E ACTUAL”, do Comandante Humberto Leitão, com colaboração do Comandante José Vicente Lopes (Centro de Estudos Históricos Ultramarinos, Lisboa 1963):

“Bordo de Honra – O bordo utilizado pelos oficiais e pessoas de certa categoria para entrarem a bordo. Entre nós, é o de Bombordo, e assim parece haver sido sempre, excepto de Agosto de 1895 a Fevereiro de 1896.”

Abraço do
FSLourenço"