segunda-feira, 6 de abril de 2009

Mentiras e verdades (a rogo)


Com tudo o que por aí grassa,
Só por graça
(ou por saudades)
Faz sentido um Dia das Mentiras;
Não há poetas nem liras
Capazes,
rapazes,
de inventar um Dia das Verdades.

2 comentários:

O J.N.Barbosa disse...

Bravo!

O FdaPonte disse...

TÊ, estás enorme...