quarta-feira, 18 de setembro de 2019

OCEANOS

A 18 de Setembro de 1943 nasce um bébé muito lindinho e assim se manteve na sua vida. Ingressou nos OCeanos em  1962, depois de algumas peripécias;  na altura Cadete RM, foi mandado para trás pelo Oficial de Dia, para se ir fardar. Em Cadete demonstrou a outro Oficial de Dia que “tinha força para ...” de tal maneira que o Oficial de tão gago ficou que quase não conseguia falar.
Vida naval variada, mostrou a sua competência sem descurar a Camaradagem e amizade com os demais.
Que tenhas um óptimo aniversário e que o possas repetir por muitas vezes, sem borrascas e com boa disposição.
Um Abraço!

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Anais do CMN

No próximo número dos Anais do CMN, a sair brevemente, aparecerão as notícias necrológicas de dois OCeanos que infelizmente nos deixaram em tempos recentes.
São eles o António Lobo Varela e o Carlos Hipólito Caroço (para lerem as respectivas notícias podem "clicar" AQUI e AQUI)

OCEANOS


Também neste dia 16 de Setembro outro OCeano, o Carlos Silva Serrano, celebra os seus 75 anos. Vindo da lezíria, ingressa na E. Naval em 1962, na guarnição dos OCeanos.
Camarada e Amigo granjeou a amizade de quem com ele conviveu.
Depois de uma vida naval, amarrou com os dois ferros lá pelo Norte.
Que tenhas um feliz aniversário e que o repitas por muitas vezes com saúde e boa disposição.
Quando puderes desce em latitude para uma almoçarada OCeanica.
Um Abraço.

OCEANOS


Celebra hoje os seus 75 anos o OTO, o Temes de Oliveira. Ingressou na E. Naval em 1962, sendo um dos OCeanos originais.
Como curiosidade relembra-se que é o único OCeano que não frequentou uma especialidade,  mas ainda assim com uma carreira naval variada.
Camarada e Amigo sempre ouvido com interesse nas sua opiniões.
Mas também creio que é o único pára-quedista do nosso curso.
Que tenhas um dia feliz e que o repitas muitas vezes com saúde e boa disposição.
Um Abraço

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

OCEANOS


10 de Setembro de 1944, nasce o Leopoldo Bastos Jorge. Ingressa na E. Naval em 1961 e destaca para a guarnição dos OCeanos em 1962.
Camarada e Amigo teve uma vida náutica relativamente curta, pois na viagem da Sagres ao Brasil em 1969, aí arranjou um pretexto para sair da Marinha passado pouco tempo. Continua pelo Brasil, “seu Léo”.
Que tenhas um feliz aniversário e que o possas repetir por muitos anos, com saúde e boa disposição.
Um Abraço dos OCeanos.

domingo, 8 de setembro de 2019

VASCO DA GAMA


A 8 de Setembro de 1499, Vasco da Gama chega finalmente a Lisboa de regresso  da viagem da descoberta do caminho marítimo para a Índia.

sábado, 7 de setembro de 2019

BRASIL


A 7 de Setembro de 1822, o Príncipe Regente do Brasil, D. Pedro, declara formalmente a independência do Brasil. Foi proclamado como o Imperador D. Pedro.

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

OCEANOS


Foi a 6 de Setembro de 1942 que veio ao mundo o Vacas de Carvalho. Cresceu entre touros tornando-se um exímio pegador. Destacou do NT para a guarnição dos OCeanos em 1962.
Um episódio curioso aconteceu quando nos apresentamos na Sagres. O Comandante Horta, um pouco duro de ouvido, percebeu mal o nome do Zita e pediu-lhe que repetisse. Ao ouvir pela segunda vez passou ao Cadete seguinte. À noite ao jantar o Comandante queixou-se-se que um Cadete o “tinha mandado para o c....” e que ele ao pedir que repetisse o nome voltará a mandá-lós para o mesmo. Foi o Capelão Melo que percebeu o imbróglio e mandando chamar o Cadete à Câmara de Oficiais lhe pediu que dissesse o nome. Após isto tudo ficou esclarecido.
Grande Camarada e Amigo , passa um dia feliz com todos os teus e que repitas por muitas vezes.
Um Abraço.

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

TRATADO DE ALCÁÇOVAS


Foi a 4 de Setembro de 1479 que os Reinos de Portugal e de Castela assinaram o tratado que delimitava as áreas das descobertas, estabelecendo que a sul das Canárias as terras descobertas seriam pertença de Portugal.
Passou a designar-se como Tratado de Alcáçovas.

terça-feira, 3 de setembro de 2019

OCEANOS


Há 57 anos, a 3 de Setembro de 1962, um grupo de 60 jovens embarca na Doca de Marinha na vedeta em direcção à BNL. Aí chegados os jovens sobem a estrada até à Escola Naval para ingressarem na Marinha, no Curso Oliveira e Carmo. Jovens desde Lagoaça até ao Algarve, cheios de ilusão e que alguns ficando pelo caminho, os outros ligaram-se por fortes laços de Camaradagem.
Parabéns a todos.

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

OCEANOS


Hoje mais um OCeano celebra o seu aniversário, concretamente 74anos, o Simões Teles.  Ingressou na E. Naval precisamente no dia seguinte ao seu aniversário, em 1962.
Já de pequenino se lhe notava a sua veia para a náutica, com cinco anos remava na sua bateira desafiando as águas da ria de Aveiro.
Cedo saiu da Marinha ficando ligado à Oceanografia.
Que tenhas um óptimo dia de anos junto com os teus e que o repitas por muitos anos com saúde.
Um grande Abraço.

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

OCEANOS SAGRES


A 30 de Agosto de 1964, depois de 11 768 milhas navegadas, 1 746HH 31MM de navegação das quais 1 011HH38MM exclusivamente à vela a Sagres com o curso Oliveira e Carmo embarcado, atraca na Base Naval de Lisboa.
Os OCeanos formados para o adeus a esta barca e sua  guarnição que tantos momentos bons compartilhamos. Foi bonito ver aqueles Marinheiros com uma lágrima ao canto do olho a abraçar-nos.
Começamos jovens e saímos depois desta dupla transatlântica uns verdadeiros Marinheiros.

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

SAGRES


A Sagres com os OCeanos embarcados suspende de Sesimbra e vai fundear na baía de Cascais.
Dia de arrumações para o pessoal. Baldeação geral a preceito â Barca.

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

ORDEM DO Dia


A 28 de Agosto de 1835 sai a primeira “Ordem do Dia da Armada Real Portuguêsa”.

OCEANOS


Na noite deste dia 28 de Agosto de 1964, um grupo de OCeanos desloca-se a uma discoteca local, muito na moda. A certa altura o OCeano Calvert entrega  ao homem da música um 45rpm com os últimos sucessos das Supremes. Alguns indígenas reagem mal à música e o Calvet chama-lhes de labregos. Vem tudo cá para fora à pancada. Nisto aparecem o Vinte, o 69 e o Fragata com outros Marinheiros e arredaram-nos para não estragarmos as fardas. Eles então fazem um faxina nos indígenas. E depois voltamos todos para bordo em grande camaradagem.