quinta-feira, 26 de abril de 2018

ADÁGIOS MARÍTIMOS (9)

Vento de rachar depressa deve calar.
Vento sudoeste mansinho e panga é de temer quando se zanga.
Vento vendaval, amarra a barca e vai-te abrigar.
Viagem por mar, não se pode taxar.
Volta direita vem satisfeita, volta de cão traz furacão.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Vasco António Leitão Rodrigues


Ninguém escolhe o dia do seu nascimento e o Vasco também não escolheu o dia em que veio ao mundo, mas o facto de ter nascido no dia 25 de Abril de 1944, foi premonitório de uma grande festa que lhe foi oferecida em Lisboa quando festejou 30 anos de idade. Quem mais teve uma festa como esta quando celebrou os seus 30 anos de idade?
Para ele vai, em dia de aniversário, o meu enorme e caloroso abraço de parabéns!

25 de Abril

Há 44 anos foi assim!



ALMIRANTADO


Foi a 25 de Abril de 1795, no reinado de D. Maria I, que foi criado o “Conselho do Almirantado”.
Funcionou até ao Estado Novo, numas salas do edifício mãe da Marinha, na rua do Arsenal, que agora estão ocupadas pelo Tribunal da Relação.

OCEANOS


Nasceu há 74 anos, a 25 de Abril de 1944, o Vasco Leitão Rodrigues. Ingressou na E. Naval em 1962, como OCeano.
Possuidor de um espírito de camaradagem excepcional, granjeou o respeito e amizade por entre os seus pares, assim como com quem ele trabalhou.
Dobrou há pouco tempo o “Cabo das Tormentas”, mas aguentou rijo para alegria de todos. Agora a navegação é corrida, desejando que seja uma longa singradura calma e com ventos bonançosos até bom porto.
Eu tenhas um aniversário muito feliz junto dos teus e que o repitas por muitas vezes.
Um Grande Abraço.

terça-feira, 24 de abril de 2018

PORTO SEGURO


A 24 de Abril de 1500, Pedro Álvares Cabral desembarca num local a que chamou Porto Seguro. A armada esteve aí fundeado algum tempo. O Brasil era assim pirmalmente ocupado por Portugal depois do seu “achamento “ dois dias antes. Foi aqui que Pêro Vaz de Caminha escreveu a sua. Famosa carta sobre o “achamento” do Brasil.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

ESCOLA NAVAL


A 23 de Abril de 1845 foi publicada a carta de lei criando a Escola Naval em substituição da Academia de Guardas Marinhas.

ILHA S. JORGE


A 23 de Abril de 1343, Gonçalo de Bruges, capitão da ilha Terceira, descobre a ilha de S. Jorge.
Por este motivo o feriado municipal de Velas é neste dia.

domingo, 22 de abril de 2018

TRATADO DE SARAGOÇA


A 22 de Abril de 1529, os reinos de Portugal e Espanha assinam em Saragoça um tratado dividindo o Oceaano Pacífico entre si. Foi delineado como fronteira, um meridiano que se situava 297.5 léguas a Leste das Ilhas Molucas.
Foi o complemento do Tratado de Tordesilhas.

BRASIL


A 22 de Abril de 1500, Pedro Álvares Cabral descobre oficialmente a terra de Vera Cruz, desembarcando num local a que deu o. Nome de Monte Pascoal. posteriormente esta terra foi designada de Brasil.

sábado, 21 de abril de 2018

ADÁGIOS MARÍTIMOS (8)


Vento antes de chuva, deixa andar que não tem dúvida.
Se tens vento e depois água, deixa andar que não faz mágoa.
Se vem chuva e depois vento, põe-te em guarda e toma tento.
Primeiro água, depois vento, toma cuidado e mete dentro.

AVIAÇÃO NAVAL


A 21 de Abril de 1926, descolou do Tejo frente à Estação Aeronaval do Bom Sucesso, o hidroavião “Infante de Sagres” para a primeira viagem aérea Lisboa-Madeira-Açores-Lisboa.
Era tripulado pelos oficiais de Marinha José das Neves e João Moreira Campos.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

MONARQUIA - REPÚBLICA

(O S.Gabriel antes de terminar a circum-navegação)

A 20 de Abril de 1911, o cruzador S. Gabriel entra a barra de Lisboa terminando a sua viage de circunnavegação. Zarpou de Lisboa com a bandeira da Monarquia e regressou com a bandeira da República.

PASSAROLA


Foi em 20 de Abril de 1709 que o padre Bartolomeu de Gusmão experimenta o seu aeróstato ante o rei João V, no Terreiro do Paço. O aeróstato foi cognominado de “ PASSAROLA”.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

ADÁGIOS MARÍTIMOS (7)


Poucos fuzis, trovões em barda, rumo em que o vento se alabarda.
Bem fala que está na areia. Desgraçado de quem vai na veia. ( aáagio dos barqueiros do Douro).
Vaga ao revés encrespada, vai dar-te o vento saltada.
Quando hávento, molha-se a vela.
Vai-se o tempo com o vento.
Vale mais um palmo de vela que 100 remos de galera.