sexta-feira, 20 de abril de 2018

MONARQUIA - REPÚBLICA

(O S.Gabriel antes de terminar a circum-navegação)

A 20 de Abril de 1911, o cruzador S. Gabriel entra a barra de Lisboa terminando a sua viage de circunnavegação. Zarpou de Lisboa com a bandeira da Monarquia e regressou com a bandeira da República.

PASSAROLA


Foi em 20 de Abril de 1709 que o padre Bartolomeu de Gusmão experimenta o seu aeróstato ante o rei João V, no Terreiro do Paço. O aeróstato foi cognominado de “ PASSAROLA”.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

ADÁGIOS MARÍTIMOS (7)


Poucos fuzis, trovões em barda, rumo em que o vento se alabarda.
Bem fala que está na areia. Desgraçado de quem vai na veia. ( aáagio dos barqueiros do Douro).
Vaga ao revés encrespada, vai dar-te o vento saltada.
Quando hávento, molha-se a vela.
Vai-se o tempo com o vento.
Vale mais um palmo de vela que 100 remos de galera.

COM. CYRNE DE CASTRO


Nasceu a 19 de Abril de 1930, completando hoje uns bonitos 88 anos, o Comandante Cyrne de Castro.
Piloto Aviador da nossa Aeronáutica Naval, foi un distinto Professor de Cálculos Náuticos na E. Naval tendo os OCeanos como seus alunos. Mas foi na nossa viagem de instrução na Sagres que o vínculo connosco se intensificou. Instrutor exigente, mas líder ao mesmo tempo, ficaram célebres aqueles momentos passados na tolda da Sagres, após o jantar, em que "pegava" num cadete e apontando para uma estrela proclamava: Sr. Cadete que estrela é aquela? Ou então , indique-me onde está a Betelgeuse. Ficamos a conhecer o céu e as suas estrelas e nuvens. 
Sr. comandante tenho a certeza que o nosso apreço por si é enorme.
Que tenha um bom dia de aniversário é que nos dê a oportunidade de comemorarmos muitas vezes o seu aniversário.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Vasco António Leitão Rodrigues


 
Alguns homens são quase como as aves de arribação, isto é, por este ou por aquele motivo afastam-se por uns tempos do seu habitat ou dos seus amigos e, depois de correr o inverno, regressam aos seus ambientes naturais.
O Vasco é um caso desses e é com muito gosto que anuncio o seu regresso a todos os OCeanos, os nossos companheiros de percurso. O homem vem com saudades nossas e em breve tertuliará connosco.
Welcome!, como dizem os franceses.

Bandeira Azul

Fiquei de boca aberta quando vi ontem, no ministério, um grande mastro com uma bandeira azul içada, junto à doca da Caldeirinha. Vendo melhor a bandeira tinha o logotipo que a Marinha está a usar nas publicações e publicidade. Estranho. Ainda por cima o mastro e bandeira são bem maiores que o mastro de honra e bandeira nacional que se encontram ali bem perto, esses sim, assinalando uma instalação militar.
Pergunto-me o que pensará o turista ou cidadão nacional quando vê este despautério. Qual é o propósito? Para que serve?

GÍRIA DE BORDO


Deputado pela proa. Pessoa da guarnição de qualquer patente que procura captar as simpatias da marinhagem, usando de meios impróprios. (Dic. Língua. Marinha Ant. E Actual, de Ctes. H Leitão e V. Lopes).

ESCOLA NAVAL


A 18 de Abril de 1916 a Escola Naval sediada no edifício da Marinhana rua do Arsenal, foi destruída por um incêndio.
Reconstruí-se a E. Naval no mesmo edifício.

terça-feira, 17 de abril de 2018

TERMOS MARÍTIMOS


DENTONEIRA era uma embarcação de pesca do alto, algarvia. Tripulado por uma dezena de homens que pescavam com “palangre”. O palangre é uma linha de pesca muito comprida, pode ter 1km, com anzóis. Fica no fundo presa por duas poitas, os anzóis são presos à linha entre as poitas. Uma das poitas, a ltima a ser arreada ao mar tem uma linha que termina numa boia.

POLÍTICOS


Nikita Khrushchev fez a seguinte declaração acerca dos políticos:
— Os políticos são todos iguais. Prometem construir pontes onde não há rios.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

ADÁGIOS MARÍTIMOS (6)


Vento Sul é má peste. Pede capa e sueste.
Tempo faz tempo e chuva traz vento.
Quando o tempo se prepara lentamente, não abandona o marinheiro fàcilmente, mas se de repente se declara, é de fraca duração e pronto pára.
Quando soa o temporal, mal pela terra, pior pelo mar.
Timoneiro que não marca, mal vai a barca.
Se um trovão solto no céu reboa, temporal violento nos apregoa.

domingo, 15 de abril de 2018

OCEANOS


A 15 de Abril de 1945 nascia um futuro OCeano, o Aires da Silva. OCeano polivalente, uma das suas artes maiores era a bateria na qual dava boas performances. Aliás foi um dos fundadores do conjunto musical da Escola Naval.
Fuzileiro, Comunicativo e por fim mestre na formação de instrutores. Depôs de destacar para a RA, rumou a terras africanas de Angola por onde permanece. Por vezes consegue vir ao “Puto” em momentos de reuniões OCeãnicas.
Houve um actor da TV americana parecido com ele que até se  dizia que era o Aires da Silva da TV!
Que tenhas um bom dia de aniversário e que o repitas por muitas vezes.
Um grande Abraço!.

sábado, 14 de abril de 2018

ADÁGIOS MARÍTIMOS (5)


No Poente, Sol rubro e relampejante, se há calma, o temporal não deve tardar.
Sol especado, toma cuidado.
Sol posto ledo, com claro ao Norte, anda sem medo que estás com sorte.
Sol roxo, água ao olho.
Sol com anéis, água a tonéis.

NÁUTICA


O que na gíria náutica de antigamente, significava a expressão “Caldo e Nabo”?

TITANIC


A 14 de Abril de 1912, pelas 2340HH (hora local) o Titanic em plena viagem inaugural, abalroa um iceberg, que provoca o seu afundamento pouco tempo depois (0220 do dia seguinte).