sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Dias calmos


Há dias assim, em pleno Inverno. Enquanto o mundo parece num remoinho difícil de compreender, a Figueirinha aparenta ser a imagem da tranquilidade.

2 comentários:

O Manel disse...

Oh T (Tê) Aguilar e bom Amigo.

Além de magnífico (igual a reitor) tradutor e quiçá retrovertor , admiro agora a tua arte fotográfica , não direi estilo Joshua Benoliel mas tipo capa do "Velho e o mar".

Um bom ano para ti , esperando que nos surpreendas com mais uma excelente obra publicada

O José Aguilar disse...

Retribuindo, com um abraço, os votos de bom Ano e desenganando-te: retroversões só domésticas; quanto a traduções, a seguir a um Coetzee que deve ser publicado em breve (O Homem Lento) estou com outro Coetzee, Diário de um Ano Mau, entre mãos (diria melhor entre teclas). Quanto a surpresas... se revelasse alguma, deixaria de o ser (La Palice?)