sábado, 6 de outubro de 2018

E são estes que nos governam

Um fez a "falca" mas entregou o memorandum. O outro recebeu o memorandum mas não o leu nem percebeu. O terceiro, categòricamente não recebeu memorandum nenhum. Enfim...



quinta-feira, 4 de outubro de 2018

PORTUGAL


Foi a 4 de Outubro de 1143 que teve início a Conferência de Zamora, entre D. Afonso VII de Leão e Castela e D. Afonso Henriques em que este é reconhecido como Rei de Portugal.

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Marinha na PJM

A Marinha, que eu saiba, nunca teve ninguém na PJM, e ainda bem. Nestas coisas os mais antigos sabiam onde não pode haver misturas e havia um lema estranho que dizia "a marinha não gosta de gostar". Assim se mantinha o isolamento no sistema sem comprometimentos indesejáveis. Agora, na sequência do maior escândalo militar dos últimos anos, eis que nomeiam um oficial de Marinha para director-geral da PJM. Um feudo do Exército entregue a um oficial de Marinha !!! Coitado do designado, vai ser atraiçoado desde o primeiro dia. Quando der por ele tem as costas cheias de facas cravadas.

Aeroporto do Montijo

Segundo a comunicação social de hoje:


"Novo Aeroporto no Montijo avança já (sem um cêntimo do Estado)

Por


-

1 Outubro, 2018

Nuno Veiga / Lusa



O antigo presidente do PSD, Luis Marques Mendes

O Governo e a ANA – Aeroportos de Portugal chegaram a acordo sobre o novo Aeroporto do Montijo e a ampliação do Aeroporto da Portela, em Lisboa. Quem o garante é Marques Mendes que assegura ainda que o Estado não vai gastar um cêntimo sequer nas obras.

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Marques Mendes garantiu que as obras para o novo Aeroporto do Montijo e para ampliação do Aeroporto da Portela vão arrancar já neste mês de Outubro, depois de o Governo e de a ANA terem chegado a acordo.

“A cerimónia pública da assinatura deverá realizar-se na primeira quinzena de Outubro”, assegurou Marques Mendes, neste domingo.

O comentador da SIC também referiu que “o Estado não vai gastar um cêntimo sequer nas obras“, sem que o Estado gaste sequer um cêntimo nos mil milhões de euros previstos para as obras, em troca do “alargamento da concessão inicial”.

 Salta à vista:
1 -  "Novo Aeroporto no Montijo avança já (sem um cêntimo do Estado)
2 - ... o Estado não vai gastar um cêntimo sequer nas obras. (a negrito e por duas vezes)

Mas alguém acreditará nisto? É para os incautos e ingénuos aplaudirem.
Depois:
  

 3 - ...em troca do “alargamento da concessão inicial”. (em letra normal e no fim).

Mais um tipo de PPP, de muito má memória para o Estado, que é como quem diz, para todos nós.
Quem vai tirar partido financeiro disto, a ANA ou o Estado? "Tá-se" mesmo a ver. Querem apostar?



CURSO OLIVEIRA E CARMO


Foi neste dia 1 de Outubro de 1962, que ingressaram na guarnição do OC, os Cadetes destacados do NT.