terça-feira, 31 de março de 2009

Bailarico

De acordo com os jornais, no julgamento de Isaltino Morais passam-se coisas extraordinárias. São as declarações patrimoniais dos políticos para o Tribunal Constitucional (!) a que ninguém liga nenhuma e não são controladas, são as negociatas de automóveis e terrenos, são as sobras das campanhas a ser usadas em contas pessoais, são as fugas aos impostos, são os milhões na Suiça sem ser declarados ... enfim, um verdadeiro forrobodó. Parece-me a mim que este senhor está mas é a dar um grande baile a todos nós e vamos lá ver se a nossa "justiça" não acerta o passo com ele e não entra na dança ... esperemos para ver.

4 comentários:

O Nunes da Cruz disse...

Eu quase que apostava que ele vai ganhar novamente as autárquicas. Ou não fosse um tipo desenrascado, vivo, empreendedor.
E nós a vê-los passar, ou melhor, a encher-se...
Não teremos o que merecemos?

O Selva disse...

Mas o que podemos esperar de tudo isto. O tipo só está a dizer em voz alta e num tribunal o que nós dizemos nas rodas de amigos e no meio de uns copos.
O que era assim há uns anos possivelmente refinou-se e continua a ser feito "por quem pode" na maior das calmas.
Águém ainda acredita na "justiça" neste canto à beira mar plantado?

O 403 d'62 disse...

Como é que uma dita "justiça" que nem anda por falta de pernas vai entrar na dança ??!!Ainda para mais nesta, que até parece bem animada...

O Manel disse...

Estão enganados , Amigos e Oceanos.

Nunca vi ninguém , na TV , rádio ou jornais , dizer que não acredita na justiça portuguesa.
Todos acreditam.

E vejam lá se com o que estão aqui a dizer não vem os juizes dizer que estão a pôr em causa a independencia do poder judicial.