sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Nos tempos de Capone

NOS TEMPOS DE CAPONE

A imagem mostra Al Capone saindo de um tribunal a sorrir e piscar o olho para o fotógrafo. Capone, que se apresentava vestido por bons alfaiates gozava de total impunidade graças aos magistrados que comprava, por isso era típica a imagem de desprezo que manifestava quando se apresentava em tribunal.

Por isso quando assisto à saída de certas personagens dos nossos tribunais fico sempre com a sensação de já ter visto aquilo nalgum lado.

5 comentários:

O J Lourenço Gonçalves disse...

Esqueci-me de indicar que a origem deste post é do blog Jumento. O seu a seu dono

O Jorge Beirão Reis disse...

A ideia com que fiquei dessa época(de livros, filmes, etc.) é que havia, em Chicago, dois bandos de malfeitores, um deles caracterizado pelos unformes de polícia que os malfeitores usavam.
Receio que Portugal, neste princípio de século XXI, venha a ser muito semelhante a Chicago dos anos 30 do século passado!
Cuidado!

O FdaPonte disse...

Jorge Beirão, estás equivocado.
Os Capones vestiam-se de autarcas, coisa que não acontece cá.

O Bastos Moreira disse...

Autarcas, e não só. Claro que isso não se passa cá.

O J. Teixeira de Aguilar disse...

Convenhamos que há uma diferença flagrante entre a Chicago desses tempos e a Lisboa de agora: eles por cá não usam chapéu nem piscam o olho aos repórteres.