sexta-feira, 26 de outubro de 2007

INGRATOS

Morreu , no passado dia 19 , José Aparecido de Oliveira , autor da frase que escolhemos para nosso lema " O passado não é o que passa , mas o que vai ficando".

Este Homem , grande lusófono e Amigo de Portugal , foi Governador de Brasília , Embaixador em Lisboa , Vice-Presidente da UCCLA e o grande animador e trabalhador para a formação da CPLP.

Incrível , e injustamente , não foi o seu primeiro Secretário Executivo e a dita cuja deu no que deu.

Tive o previlégio de o conhecer , e ele que me perdoe o abuso , de ser seu Amigo.

Esteja em paz. Continuará , pelo menos , com o OC.

Do Sr. Amado não ouvi uma palavra!!!!!

1 comentário:

O Jorge Beirão Reis disse...

Manel: Li a notícia do seu passamento e lembrei-me, como se ontem fosse, da frase que tu, nas comemorações dos nossos 25 anos (e já lá contam mais 20) sugeriste com a identificação do autor e eu, desconhecedor na altura desse escritor, até pensei que tivesses sido tu o seu criador.

Considero que tu, mais que ninguém, deverias ser a pessoa a referir a sua morte. Acompanho-te nesta manifestação de pesar. Relativamente à indiferença de terceiros, não lamentes, pois fazem parte da tal raça pestilenta!

Um abraço,