terça-feira, 15 de julho de 2008

COISAS BOAS

Vila Galé, Montebelo, Nova Caxias, Garden Palace e Pousadas de Portugal são as cinco concorrentes à exploração hoteleira do Palácio dos Arcos, em Oeiras, segundo fonte da C.M. de Oeiras. O Palácio dos Arcos, construído no século XV, e reconstruído no sec XVIII ,situa-se no Centro Histórico da vila de Paço de Arcos, numa localização privilegiada sobranceira ao rio e rodeado de jardins extensos que são o que resta de uma vasta quinta. O brasão que lá está , em pedra , é dos Lencastres. O concurso público lançado pela Câmara de Oeiras prevê a concessão do palácio por 99 anos, a partir da concepção e execução de um projecto de reabilitação e ampliação a aprovar pela autarquia. O concessionário terá ainda de pagar à autarquia, a partir do terceiro ano, uma remuneração mensal mínima de 2.500 euros, que a partir do quinto ano sobe para quatro mil euros.

2 comentários:

O J.N.Barbosa disse...

É evidente que o paço dos arcos não tem dimensão para albergar um hotel. Já podemos adivinhar o resto, que tem, aliás, acontecido por toda a parte. Construir nos jardins. Apostamos?

O Jorge Beirão Reis disse...

A Fubdação Champalimaud poderia ocupar o Palácio dos Arcos (sem construções no jardim) e deixar a Escola das Marinhas de Comércio e Pesca continuar a existir.
Qua tal?