quinta-feira, 19 de março de 2009

A crise ... à Vara

Quando este senhor, Armando Vara, transitou, em plena crise, da CGD para o BCP foi agredido com um ligeiro aumento de ordenado ... de uma remuneração base (!) de 244 441 €/ano passou para mais de 480 000 € anuais. E isto não contando com outras mordomias que não conheço e vencimentos suplementares correspondentes a outros "empregos". Já nem vale a pena fazer comentários a esta situação, que o nosso primeiro classificou de "discurso da inveja social", pois a categoria profissional e o percurso deste "PS" (encartado) são sobejamente conhecidos.
Mas ontem assisti a uma reportagem na RTP1 onde era descrita a vida de uma menina de dez anos, a Cláudia, que foi atingida por uma doença rara (Progeria) que a faz envelhecer precocemente a um ritmo sete vezes superior ao normal. Tem dez anos agora e um corpo de setenta ... mas tem uma atitude fantástica, uma permanente alegria de viver que é verdadeiramente estimulante e comovedora (podem ver a reportagem aqui). Pois a mesma sociedade que "dá" meio milhão de euros/ano a Vara, que premeia o empresário Fino com 62 M€ e esbanja dinheiro por tudo o que é sítio subsidia esta menina com a exorbitante quantia de 50€/mês. E depois vem o 1º ministro falar de "inveja social" ... não seria melhor falar de "injustiça social"?

1 comentário:

O Manel disse...

Muito bem . Isto (este País)é um escandalo e este Vara é escandaloso.

E o 1º min istro ainda o defende.

O sr.coronel Vasco Lourençodizia há anos que estava pronto para ir para a serra de Estrela. Ainda estará?