segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Cinquenta anos!

Há cinquenta anos, neste mesmo dia 3 de Setembro, entramos na Escola Naval e vestimos pela primeira vez a farda do botão de âncora. O sonho de "ir para a Marinha" estava realizado. Deram-nos um número e um nome: Oliveira e Carmo. Lá dentro, havia outros camaradas que nos aguardavam para enfrentarmos juntos o desafio daquele exigente curso.
Durante cinquenta anos tivemos um percurso que nem sempre foi fácil, mas do qual guardamos satisfações e muito boas memórias. Alguns já nos deixaram e aqui os evoco com saudade. Aos outros deixo o meu cumprimento, com amizade e com os votos de que nos continuemos a encontrar, com alegria de viver e com saúde.

10 comentários:

O Luís Silva Nunes disse...

Muito obrigado pelo cumprimento, pela amizade e pelos votos. Guardemos as boas memórias e esqueçamos as "menos boas". Acompanho-te na evocação daqueles que já partiram ... um abraço coletivo nesta data simbólica!!!

O Jorge Goncalves disse...

Subscrevendo, o comentário do Luís Silva Nune, envio um abraço para todos.

O Nunes da Cruz disse...

Que mais acrescentar à "onda" do ARC e ao comentário do LSN que também subscrevo na íntegra? Nada, lá está tudo o que nos vai na alma em relação a este magnífico curso, a que também tenho a honra de pertencer.
Saudade, muita saudade dos que partiram e um grande abraço aos presentes.

O Ferreira da Silva disse...

Junto-me na saudade e nos abraços. Valeu a pena termos embarcado naquela manhã na vedeta que nos levou da Doca de Marinha até à BNL.

O Montalvão disse...

Queridos Amigos

Como passou depressa tudo que nos une hoje!

Um grande abraço e obrigado pelo tempo que me souberam dedicar!

O Manel disse...

Eu era dos que estavam lá dentro...à vossa espera.
E o bom foi que o "vossa" se transformou em "nossa" muito rapidamente ,embarcados numa nau que vem navegando em rumo de bonança , e que nos tem orgulhado.
Os que partiram para sempre sabem bem que nunca os esquecemos , o que deixa uma mão de coragem aos que vamos resistindo.

Bem hajam.

O J.N.Barbosa disse...

Não parece ter sido há tanto tempo. Os jovens de então ainda se apresentam em bom estado e prontos a fazer ondas.
Peças de BB... Fogo!

O Jorge Beirão Reis disse...

Comungo dos sentimentos expressos pelo OCeanos acima.

A este propósito informo que, ontem, meti no correio 125 cartas, destinadas a amigos não OCeanos, como nosso selo e um pequeno texto alusivo à efeméride.

Gostei! Acrescento que a funcionária dos CTT, da praça do Município que me atendeu, ficou muito sensibilizada devido a esta iniciativa.

Um grande abraço de parabéns para todos os OCeanos.

Evidentemente que Jorge Beirão Reis continua a escrever de acordo com a antiga ortografia.

O Orlando Temes de Oliveira disse...

Ainda me lembro de como a rampa de acesso à EN era bem inclinada tendo em conta o peso da mala!E toda a roupinha marcada com OC !
E foram 50 anos em que cada um seguiu o seu percurso mas a amizade cá ficou. Abraço para todos

O Fernão disse...

Só hoje, mas nunca tarde, para grande abraço para todos, vivos e mortos!
Paiva