quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Fundação Champalimaud



Só hoje dei por ela (se calhar já lá está há muito tempo). Em frente à Fundação Champalimaud, que está sedeada em Lisboa, capital de Portugal e onde, por enquanto, se fala português podemos ler "Champalimaud Centre for the Unknown". Eu sei que já perdemos uma parte importante da nossa independência mas será isto correto? Será isto legal? Alguém pode fazer o favor de me elucidar?

5 comentários:

O Ferreira da Silva disse...

Elucidar-te, não sei ... mas que soa muito melhor e mais "in" em inglês do que no vulgar portuga ... aí! isso soa!
Mas como aqui aparece escrito deve relacionar-se com qualquer coisa visual.
Já viste como ficava em frente daquele edifício moderno e daquele verde jardim um letreiro com "Centro Champalimaud para o Desconhecido"? Era mesmo muito foleiro!

O Nunes da Cruz disse...

Não era foleiro, era português!
Acho que temos obrigação de fazer tudo para impôr a nossa língua onde quer que haja para isso a mínima oportunidade. E aqui havia e bem, dada a importância do centro.
Também já tinha visto essa "subserviência" cultural e provinciana (sem ofensa para os provincianos).

O J. Teixeira de Aguilar disse...

Apostados em "vender" o país aos estrangeiros, ainda acabamos a vender (sem aspas)o país ao estrangeiro...

O Manel disse...

Eu penso que é o nome de Centro. Tal e qual assim foi registado. Mas se calhar não é....

O Orlando Temes de Oliveira disse...

Deve ser para evitar o acordo ortográfico....
Ainda por cima:
- para construir este centro destruiram a única Escola de Mestrança e Marinhagem do País. E depois o Mar é desígnio nacional!
- a Presidente desta coisa é Conselheira de Estado (ou foi?)...Ah grande elite portuguesa