quinta-feira, 19 de abril de 2018

ADÁGIOS MARÍTIMOS (7)


Poucos fuzis, trovões em barda, rumo em que o vento se alabarda.
Bem fala que está na areia. Desgraçado de quem vai na veia. ( aáagio dos barqueiros do Douro).
Vaga ao revés encrespada, vai dar-te o vento saltada.
Quando hávento, molha-se a vela.
Vai-se o tempo com o vento.
Vale mais um palmo de vela que 100 remos de galera.

Ninguém comentou esta onda