sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Bem no ar, mal no mar.

A revista TAKE-OFF, Informação Aeronáutica, de Setembro dedica a capa e o seu artigo principal à Força Aérea, com uma extensa entrevista ao CEMFA, Gen. Luís Araujo. Passando em revista as missões, os projectos, a organização e os meios, verifica-se que a Força Aérea está bem e optimista, com os seus problemas em vias de resolução, ressaltando uma frase do CEMFA , que faz capa:"No meu entendimento, em termos de meios aéreos, estamos muito bem". De facto, só pode ser assim.Com os F-16 modernizados, os C-295M (substitutos dos Aviocar) a chegar ainda este ano, os P-3 a serem substituidos, os EH-101 novos em folha, tem motivos suficientes para estar satisfeito e nós, por consequência, também. E a Marinha? Contrariamente à F.A. , sempre que a Marinha exprime a necessidade de navios levanta-se um coro de vozes, civis e militares a dizer que não fazem falta. Foi assim com as fragatas "Vasco da Gama", com os submarinos, com o LPD. Passam os anos, as décadas e nada. No pasa nada. Os raros projectos que chegam a contrato são sistematicamente reduzidos e depois...pfff, ainda nada! Chego à conclusão de que este país não devia estar à beira mar plantado. Não sabemos para que serve, nem sabemos cuidar dele. Talvez uma emigração em massa para o interior do continente trouxesse para aqui, em nossa substituição, um povo que saiba o que fazer e , sobretudo, com gosto pelo mar.

3 comentários:

O Orlando Temes de Oliveira disse...

Peço desculpe em insistir na ideia. Estamos sempre a queixar-nos dos politicos e do povo. Mas será que a atitude dos chefes da FA é identica aos da Marinha. Por exemplo, agora está a Marinha em grande "socego" pois está em discussão a substituição do cargo de CEMA. Bom, será um critério de actuação, mas assim não haverá LPD..

O Jorge Beirão Reis disse...

Quero pôr aqui uma pergunta:
Será que a Pátria necessita e quer estas Forças Armadas e, noemadamente, esta Marinha?
Estou em crer que não!

O Nunes da Cruz disse...

Primeira tentativa de resposta ao JBR: eu acho que o país necessita de uma Marinha e melhor do que esta. Só que os actuais responsáveis (pelo país) não a querem mas não têm lata para o declarar.