quarta-feira, 16 de abril de 2008

Jogar às cartas

Se é preciso fazer uma declaração de interesses, aqui vai ela: não sei jogar às cartas. Nem sequer gosto de jogos de cartas. Sei, porém, que todos os jogos têm regras e que quem joga ignorando as regras acaba por perder (quanto mais não seja, a credibilidade).
Também sei que quem joga com cartas viciadas se chama trapaceiro.
Acabam aqui os meus conhecimentos sobre cartas. É pouco, mas é de boa vontade.

4 comentários:

O LSN disse...

É pouco ... mas diz muito e com grande oportunidade e inteira razão (digo eu).

O Nunes da Cruz disse...

Um pouco que é muito.
Aguilar: poucas mas boas. Não te inibas com o RDM e continua.

O Jorge Beirão Reis disse...

Boa malha, filho das Escolas (Naval e o Liceu Normal de D. Manuel II, no Porto, carago!)!

Qualquer dia e estarás, também, a contar histórias para crianças!

O Fernão disse...

A tragédia é sermos obrigados a jogar com trapaceiros!