segunda-feira, 2 de março de 2009

Nino Vieira

Nino Vieira morreu hoje. Segundo as notícias foi assassinado por militares. Conheci-o pessoalmente durante uma deslocação em serviço à RGB em Junho de 1995. Deixou-me boa impressão apesar do aparato da segurança pessoal dele que nomeadamente dizia-me onde e quando me devia sentar na sala onde nos encontrávamos. No jantar que nos foi oferecido fiquei sentado junto da sua mulher que parece também ter sido assassinada hoje. Madame Nino Vieira só bebia champanhe francês, enquanto os restantes convidados bebiam um tinto muito rasca.
Como comentário sempre achei esquisito o facto de depois de ter sido corrido por um golpe de Estado querer voltar para ser de novo Presidente da RGB. Ao que soube os apoios do "nosso major" de Gondomar durante a estadia em Portugal esfumaram-se.

Por último na RGB quem "chateia" e se mete com os militares pode ter este fim.

1 comentário:

O Manel disse...

Essa do Champanhe é boa