quarta-feira, 30 de julho de 2008

Exclusividade na prestação de serviços médicos

MÉDICOS DE SAÚDE PÚBLICA ACEITAM EXCLUSIVIDADE

«O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, Mário Durval, considerou que a proposta do Governo de obrigar médicos a trabalhar apenas nos serviços públicos "só peca por tardia". O bastonário da Ordem dos Médicos, Pedro Nunes, considera que a medida é inviável.

Em declarações à agência Lusa, Mário Durval salientou que "se deveria ter estimulado a dedicação exclusiva ao serviço público há muito tempo". Aquele dirigente reagia à notícia de que o Governo quer impor aos médicos dedicação exclusiva ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), sem possibilidade de opção por um regime de trabalho parcial, de acordo com o Correio da Manhã.» [Jornal de Notícias]

Ninguém comentou esta onda