domingo, 10 de junho de 2007

Bom dia OC!

 Não mais, Musa, não mais, que a Lira tenho
Destemperada e a voz enrouquecida,
E não do canto, mas de ver que venho
Cantar a gente surda e endurecida.
O favor com que mais se acende o engenho
Não no dá a pátria, não, que está metida
No gosto da cobiça e na rudeza
Duma austera, apagada e vil tristeza.
(Os Lusíadas, Canto X, CXLV)
  
Luís Vaz de Camões morreu há 427 anos
Tenham um Bom 10 de Junho!

2 comentários:

O Jorge Beirão Reis disse...

Hoje estou na "fossa". Será por isso que interpretei estes cantares de Camões como referindo-se à raça pestilenta?
Direi mesmo, como o Jota:Tenham um bom 10 de Junho!

O Manel disse...

Não posso , nem quero , deixar de elogiar o Jotex pela brilhante escolha desta oitava.

Oportuna , directa e ...infelizmente real.

Até este nosso poema do mar , estes Lusíadas , andam por aí , esquecidos e amorfalhados.